19 Anos

online dedicados aos amantes do bonsai no Brasil e no Mundo.
O tempo não faz de você um bonsaísta, é o seu interior que é ou não.
Bonsai

Árvore centenária repousa no tokonoma
Enquanto repouso em ti.
Vou deixando-me ficar
Aprendendo a secular Arte. 
              
Mário A. G. Leal
Blog Pensando Mario A G Leal
     
Você esta aqui: Home > O Bonsai 2 > Enraizadores
Enraizadores

Luiz Carlos Elias
LUIZELIAS@aol.com

"Tiamina"

INTRODUÇÃO

Vários produtos são utilizados para enraizamento porém, nenhum tão formidável quanto a Tiamina - Vitamina B1. Quem já não fez um transplante de vaso e se deparou com aquela quantidade enorme de raízes. Sonho? Não, isto é a realidade graças a este enraizador combinado com um bom solo. Alguns Bonsaístas pensam que é um hormônio, adubo, etc.

  •  1. O que é  a Tiamina?
Tiamina é a Vitamina B1, a mesma usada em seres homanos. Sua fórmula é:
  3 - [(4 - Amino - 2 Metilpirimidina) Metil] - 5 - ( 2 - Hidroxietil) - 4   Metiltiazol Cloridrico Monocloridrato.
  •  2. Quais são suas indicações?
 a) Alporquia e Estaquia
 b) Recuperação de raízes após poda radicular (De raízes).
 c) De uso eficiente quando usamos o escorredor de macarrão na recuperação das raízes.
  •   3. Em que formas ela (A Tiamina) se apresenta.
Para a Arte Bonsai o mais conhecido é o VitaFlor Raiz porém, existe na  fórmula de alguns farmacos vendidos em drogarias, como o Benerva do  Laboratório Roche, no Bequim, Berin, Betabion, Bivita, Benitex, etc. a   presença da Tiamina. No Brasil encontramos a Benerva que vem em  comprimidos de 300 mg.
Existe a possibilidade de mandarmos preparar em farmácias de manipulação  o que sai bem em conta. 
  •  4. Como usar o Benerva?
É simples, como já se sabe a concentração correta é de 0,04% na  fórmula solúvel segundo o Institute American Vitamine. Sabendo que uma  cápsula contém 300 mg fazemos a seguinte conta:
0,04% corresponde a 400 mg então,
para fazermos 1 litro teremos que ter 400 mg de Tiamina, assim:
   400 mg - faz - 1 litro
   300 mg - fará 750 ml
Para ficar mais compreensível, cada dois comprimidos podemos fazer 1,5  litro.
Para fazer a solução coloque o(s) comprimido(s) em um liquidificador com a  quantidade de água necessária e bata até tornar-se uma solução homogênea  (Igual). 
Podemos pedir a um Laboratório que prepare esta solução:
Fazer 100 ml de solução de Vitamina B1 (Tiamina), a 40%, solúvel em   água.
Como usar:
Cada "ml" da solução é diluída em 1 litro de água o que resulta em uma concentração de 0,04% considerada ideal.
Validade:
    Pode ser estocada por 120 dias.
  •  5. Como utilizar?
 Interessante, e mais econômico, é  usá-lo 1 hora após a rega normal com  água.
  •  6. Quais as vantagens?
 São muitas, pois multiplicando a quantidade de raízes a árvore conseguirá  fazer uma maior absorção de água e nutrientes o que implica em maior  distribuição e mais rapidamente. Consequentemente nosso Bonsai terá como  resultado um melhor desenvolvimento de toda a sua parte aérea.
  •   7. O quê devemos observar quando do seu uso?
 Entendendo que a planta criará uma estrutura radicular maior, prestar  atenção para a hora certa do transplante.
  •  8. Quais os cuidados na manipulação?
 Nunca deixe a solução exposta a luz ou o frasco da mesma aberto.  Respeite sempre a data de validade.  Utilize sempre a solução preparada.
  •  9. Entre o comprimido e o produto preparado em Laboratório qual o mais  barato?
 O produto feito em Laboratório sai a R$0,33 o litro enquanto com  comprimidos sai a R$0,44.
  •  10. Lembretes especiais.
  a) Nunca usa a Tiamina em forma de xaropes, principalmente em   alporquias.
  b) Sempre guarde em lugares arejados e secos.
  c) Faça a diluição correta pois, soluções mais concentradas não surtem   mais efeitos.
  d) Use no mínimo 3 vezes por semana.

  Referências Bibliográficas:
* Jornal de Farmácia e Farmacologia 5,715,721 (1953)
* Index de Farmácia
* The Physicology of plant Growth and Development, M. Wilkins, Ed McGraw-Hill, New York, 1969, pp. 1-45
* Methods of Vitamin Assay, edited by the Assoc. of Vitamin Chemists (Interscience, New York, 2nd ed 1951) 

Matéria do INFORMATIVO  da Ribeirão Preto Bonsai Kai de MARÇO/2000









Informativo sobre os bonsaístas
reconhecidos no Brasil

Copright 2011 - Atelier do Bonsai - Mário A G Leal
Powered By